APLB

sábado, 13 de abril de 2019

Categoria avalia rumos do movimento após recurso da prefeitura ao STJ para evitar reintegração dos servidores demitidos

 

Lideranças sindicais e servidores demitidos pela prefeitura estiveram reunidos na sexta-feira (12), na sede da APPI, para avaliar os rumos do movimento da categoria. Em pauta, o andamento dos processos após o novo fato jurídico ocorrido no dia anterior: o município entrou com recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ), solicitando liminar para cancelar a liminar anterior da desembargadora Sílvia Zarif, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJB), que havia determinado a reintegração dos servidores.


“A ação jurídica da prefeitura escancara a vontade do prefeito de não reintegrar os trabalhadores e o município assume, de fato, o que realmente quer, ao contrário do que dizia antes, que estava sendo obrigado a demitir”, afirma a secretária intermunicipal da APPI, Enilda Mendonça.

A sindicalista destaca que os servidores vão continuar mobilizados, em diversas atividades, enquanto o setor jurídico trabalha para sua reintegração. “Os trabalhadores estão decepcionados com o
prefeito da cidade que diz uma coisa e faz outra diferente, mas continuaremos lutando até fazer valer o nosso direito”, completa.