APLB

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Assembleia geral na próxima terça-feira - PARTICIPE


PRESTAÇÃO DE CONTAS - BALANCETE CONSTRUÇÃO - AGOSTO 2015


Confira o resultado do II Concurso de Desenho e Redação da Campanha "Ilhéus Sem Violência é Bem Melhor"

EDUCAÇÃO INFANTIL

1º Lugar - JOÃO PEDRO NASCIMENTO OLIVEIRA - Creche Solidariedade

2º Lugar - ISADORA - Escola Joana Darc

3º Lugar - KATLEN GABRIELY MARIA DOS SANTOS - Escola Pequeno Príncipe

ENSINO FUNDAMENTAL I

1º Lugar - JOÃO VITOR TEIXEIRA SANTOS - Escola de Aritaguá II

2º Lugar - THAYANNE SILVA NEVES - Escola CAIC

3º Lugar - MIKAEL DO CARMO PEREIRA - Escola Pequeno Davi

ENSINO FUNDAMENTAL II

1º Lugar - ENO SANTOS DE OLIVEIRA - Escola Municipal de Banco Central

2º Lugar - MARIA LETÍCIA MARQUES MENEZES - Escola Estadual Eduardo Catalão

3º Lugar - AYLA MATOS PEREIRA - Escola Municipal da Princesa Isabel

ENSINO MÉDIO

1º Lugar - PAULO ANTONIO SANTOS DO SOCORRO - CEEP AMEV

2º Lugar - LAURA RIBEIRO DOS SANTOS - Colégio Estadual Sá Pereira

3º Lugar - DOUGLAS AMARAL NASCIMENTO SANTOS - Colégio Ideal

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Trabalhadores permanecem em vigília na Câmara pela rejeição do Estatuto

Os servidores públicos municipais de Ilhéus, de todas as secretarias, continuam em vigília nas sessões da Câmara de Vereadores para exigir dos parlamentares a rejeição projeto do Estatuto que já se encontra tramitando no legislativo municipal sem que ao menos tenha sido discutido com as categorias. Conforme os líderes sindicais, o projeto apresentado pelo prefeito Jabes Ribeiro, além de contrariar a lei aprovada pela própria Câmara, ainda traz sérios prejuízos para os trabalhadores.

Na tarde desta terça-feira o presidente do Sinsep, Lu Viana, e a diretora intermunicipal da APPI/APLB-Sindicato, Enilda Mendonça, participaram da sessão onde mais uma vez alertaram os vereadores para a inconstitucionalidade do projeto do Estatuto do Servidor. Na oportunidade, Enilda Mendonça citou que o projeto do Estatuto contém uma série de artigos que vão de encontro ao que dispõe a Constituição Federal e que portanto não pode ser aprovado.

Enilda Mendonça também apontou uma série de direitos e conquistas dos trabalhadores que serão tirados caso o projeto do Estatuto seja aprovado. Ela disse que espera contar com o bom senso dos vereadores para não somente a questão legal, já que está sendo discutido um projeto inconstitucional, mas também por ser uma proposição que coloca em risco a vida dos atuais e dos futuros servidores públicos municipais.



NOTA PÚBLICA DO PCdoB contra demissão dos servidores públicos municipais de Ilhéus



“O Partido Comunista do Brasil, PCdoB, Comitê Municipal de Ilhéus, reuniu sua Comissão Política na última sexta-feira (25/09) e, em relação aos acontecimentos das últimas semanas na cidade, envolvendo declarações do Prefeito Jabes Ribeiro acerca da intenção de demitir servidores efetivos, contratados antes de 1988, como forma de adequar as despesas municipais com pessoal aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal, vem a público expor o que segue:

1. O PCdoB e sua bancada de vereadores posiciona-se veementemente contra a demissão de servidores efetivos, como forma de ajustar as contas do município, tanto pelo prejuízo à execução dos serviços públicos, quanto por ser um ataque direto a centenas de pessoas que dedicaram toda sua vida ao município. A saída para a crise financeira que atinge Ilhéus e muitos dos municípios do país, passa essencialmente pela retomada do desenvolvimento econômico e social, com o consequente aumento de arrecadação tributária. Para isso, será necessário controle de despesas, mas essencialmente planejamento e participação popular, para pensar a cidade em médio e longo prazo e buscar alternativas consistentes no rumo da construção de uma Ilhéus mais humana e justa.

2. Em relação ao novo Estatuto dos Servidores Municipais, tramitando na Câmara de Vereadores, o Partido e sua bancada entendem que é necessário que o Governo Municipal discuta previamente com os sindicatos que representam a categoria sobre o projeto, conforme prevê a Lei 3654/13, que alterou o regime jurídico de celetista para estatutário. Consideram fundamental que essa mudança, que pode alterar a estrutura de direitos dos servidores, seja feita sem prejuízos para os mesmos.

3. O PCdoB e sua bancada se colocam à disposição para contribuir com a interlocução entre os sindicatos e o governo municipal na construção de saídas que sejam positivas para a cidade e seus servidores.


PCdoB-Ilhéus
Comissão Política”

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Caminhada pela Paz em Ilhéus reuniu mais de 10 mil pessoas

Mais de 10 mil pessoas, segundo estimativa da Polícia Militar, entre pais, alunos e professores de 45 escolas públicas e particulares de Ilhéus, participaram na manhã do último sábado da II Caminhada pela Paz, promovida pela APPI/APLB-Sindicato, Polícia Militar e Secretaria de Educação. O evento, que faz parte da campanha  “Ilhéus Sem Violência É bem Melhor”,  marcou o enceramento da Semana de Segurança e teve como objetivo discutir sobre a participação de cada cidadão no combate à violência dentro e fora das escolas.

A concentração começou às 8 horas da manhã. As escolas foram organizadas em alas. Cada escola se preparou com faixas, cartazes, apitos e adereços simbolizando a paz. Logo um grande tapete branco se formou na avenida soares Lopes. A caminhada passou pelas principais ruas do centro da cidade, recebendo a adesão e o apoio da comunidade. Para os organizadores, a caminhada cumpriu o objetivo maior de lançar a reflexão sobre a necessidade de se promover a paz e encerrou com chave de ouro a campanha lançada no ano passado e que esse ano contou com uma adesão muito maior de escolas das redes pública e particular.

A caminhada foi encerrada na Praça Dom Eduardo, em frente a Catedral de São Sebastião, com a premiação dos vencedores do concurso de desenho com os alunos da educação infantil e ensino fundamental I e do concurso de redação com os alunos do ensino fundamental II e ensino médio, todos com temas ligados à paz e a segurança e contra o uso de drogas. A ideia foi envolver os alunos e orientar os estudantes para que possam dizer sim à vida e não às drogas e a violência. E a premiação aconteceu em clima de torcida e muitas comemorações entre as escolas e alunos vencedores.

















quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Caminhada pela Paz encerra neste sábado a Semana de Segurança em Ilhéus

A II Semana de Segurança de Ilhéus, promovida pela APPI/APLB-Sindicato, Polícia Militar e Secretaria Municipal de Educação, será encerrada na manhã deste sábado com uma grande Caminhada Pela Paz pelas ruas do centro da cidade. A concentração será às 8 horas da manhã, na avenida Soares Lopes, em frente à 68ª Companhia Independente da Polícia Militar e deverá contar com a participação de alunos, pais e professores das escolas das redes pública e particular de Ilhéus. O evento, que faz parte do calendário letivo da rede municipal de ensino, servirá como culminância do projeto de combate à violência desenvolvido nas unidades escolares durante toda a semana.

A Caminhada pela Paz integra um conjunto de ações realizadas como parte da campanha “Ilhéus Sem Violência É bem Melhor”, que esse ano foi ampliada para atender a todas as escolas das redes pública e particular de Ilhéus. Durante esta semana foram realizados o passeio ciclístico, palestras e debates nas escolas sobre como combater a violência e o uso das drogas. O presidente da APPI, Osman Nogueira Junior, explica que debater sobre a paz e combater a violência dentro e fora das unidades escolares são deveres e compromisso de todos, daí a importância da participação não somente das escolas públicas e particulares, como também de toda a sociedade civil nessa campanha.

Ainda como parte da campanha, também foi realizado um concurso de desenho com os alunos da educação infantil e ensino fundamental I e um concurso de redação com os alunos do ensino fundamental II e ensino médio, todos com temas ligados à paz e a segurança e contra o uso de drogas. A ideia foi envolver os alunos e orientar os estudantes para que possam dizer sim à vida e não às drogas e a violência. Os três melhores trabalhados de cada categoria serão conhecidos premiados logo após a caminhada pela paz, numa grande festa de confraternização entre as escolas que participaram da campanha.