APLB

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Salários de quem ganha até R$ 2.409,00 estarão depositados amanhã

De acordo com a Secretaria Municipal da Fazenda de Ilhéus, os salários referentes ao mês de junho dos trabalhadores em educação que recebem até R$ 2.409,00 estarão depositados nas contas nesta sexta-feira, dia 28 de junho.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Sindicatos voltam a se reunir com governo municipal na próxima quinta-feira



             Representantes de todos os sindicatos dos servidores públicos municipais de Ilhéus estarão se reunindo na próxima quinta-feira (04) com a comissão de negociação permanente da Prefeitura de Ilhéus para apresentar o resultado do estudo da folha de pagamento e as alternativas para conceder o reajuste dos trabalhadores.
            Na última sexta-feira, dia 21, os sindicatos receberam da prefeitura a folha de pagamento e o balancete de despesas e receitas do primeiro quadrimestre. Participaram da reunião a presidente da APPI/APLB-Sindicato, Enilda Mendonça, da presidente do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias do Sul da Bahia (Sindiacs/ACE), Zilar Portela, e do presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Ilhéus (Sinsepi), Luiz Cláudio Machado.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Trabalhadores em educação decidem paralisar na quinta e sexta-feira



 Os trabalhadores em educação da rede municipal de Ilhéudecidiram, em assembleia realizada na tarde desta quarta-feira (19), manter a paralisação de advertência dois dias, nesta quinta (20) e na sexta-feira (21), em sinal de protesto diante da demora do governo municipal de fechar o acordo da Campanha Salarial 2013. A categoria também decidiu que realizará uma assembleia logo após o final do recesso escolar do mês de junho, para decidir sobre as medidas que serão adotadas caso o acordo não seja assinado.
            Na manhã desta quarta-feira a direção da APPI/APLB-Sindicato participou de uma audiência com o Governo Municipal, no salão nobre do Palácio Paranaguá, para discutir sobre o fechamento do acordo da campanha salarial. A reunião contou com a participação dos mais diversos representantes da sociedade civil organizada. Durante a audiência a presidente da APPI-APLB/Sindicato, Enilda Mendonça, apresentou um estudo da folha de pagamento, baseado nos dados apresentados na sexta-feira pelo prefeito, onde contestou os números e as informações sobre os limites prudenciais que, segundo o governo municipal, impediam de conceder o reajuste aos trabalhadores.
            Na audiência ficou decidido que uma comissão de negociação permanente se reunirá nesta sexta-feira para apresentar os dados detalhados da folha de pagamento e dessa forma buscar alternativas para a redução dos gastos visando assim garantir o reajuste dos servidores públicos municipais.

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Alteração no horário da assembleia dos trabalhadores em educação da rede municipal de Ilhéus



         Em função da alteração do dia e horário da audiência com o Governo Municipal, que seria realizada às 16 horas desta terça-feira, dia 18, mas que foi transferida para as 9 horas da manhã de quarta-feira (19), a direção da APPI/APLB-Sindicato decidiu alterar também o horário da Assembleia para discutir a Campanha Salarial 2013 com os trabalhadores.
         Dessa forma, a assembleia dos trabalhadores em educação da Rede Municipal de Ilhéus será realizada nesta quarta-feira, às 15 horas, no auditório da IME-Centro, quando será apresentado o resultado da audiência com o governo e decidir as medidas que serão adotadas pela categoria.

Educação Pública - Eu Apoio


quinta-feira, 13 de junho de 2013

Trabalhadores em educação aguardam audiência com o prefeito para decidir sobre paralisação

Os trabalhadores em educação da rede municipal de Ilhéus decidiram, em assembleia realizada na tarde desta quarta-feira(12), no auditório do IME-Centro, que poderão realizar uma nova paralisação na próxima semana, dessa vez de três dias, caso o governo municipal não assine o acordo da Campanha Salarial 2013 até terça-feira, dia 18. Para tratar do assunto, já está agendada uma audiência com o prefeito Jabes Ribeiro na próxima terça-feira, às 16 horas, no Palácio Paranaguá, contando com a presença da diretoria da APPI/APLB-Sindicato, representantes dos pais de alunos e membros da Comissão de Educação da Câmara de Vereadores de Ilhéus.

Durante a assembleia realizada na tarde desta quarta-feira, os trabalhadores em educação mais uma vez relataram a demora do prefeito Jabes Ribeiro em assinar o acordo da Campanha Salarial da categoria, trazendo sérios prejuízos para a educação, podendo comprometer inclusive o ano letivo. De acordo com a presidente da APPI/APLB-Sindicato, Enilda Mendonça, no 03 de janeiro desse ano, logo após a posse do atual prefeito, o sindicato solicitou, através de ofício, uma audiência com o governo municipal para discutir a pauta da campanha salarial. Quase seis meses já se passaram e até agora o acordo da campanha salarial não foi assinado.

Uma nova assembleia dos trabalhadores em educação está marcada para a próxima quarta-feira (19), às 9 horas da manhã, no auditório do IME-Centro, para discutir sobre os resultados da audiência realizada com o prefeito. Caso não seja firmado o acordo da campanha salarial, a categoria já decidiu que realizará uma paralisação nos dias 19, 20 e 21 de junho.

Além da assembleia realizada na tarde da última quarta-feira, os trabalhadores em educação, com o apoio de pais de alunos, fizeram uma caminhada pelas ruas do centro da cidade para denunciar o descaso do governo municipal com o ensino público. A categoria também participou de uma sessão na Câmara de Vereadores, onde teve a oportunidade de relatar mais uma vez a situação e pedir o apoio dos parlamentares. Os vereadores reconheceram que a educação em Ilhéus atravessa uma série crise, com falta de merenda escolar, sem transporte, escolas inadequadas e sem condições de funcionamento, além do baixo salário dos trabalhadores em educação. Para ajudar nessa luta dos trabalhadores, a Comissão de Educação da Câmara de Vereadores também participará da audiência com o prefeito para cobrar do governo municipal o imediato fechamento do acordo da Campanha Salarial 2013.