APLB

sexta-feira, 28 de março de 2008

CAMPANHA SALARIAL 2008-2009

A PAUTA DE CAMPANHA SALARIAL FOI APROVADA POR UNANIMIDADE. A PRESIDENTE VEREADORA PROFESSORA CARMELITA FALOU DA IMPORTÂNCIA DA APROVAÇÃO DA NOSSA PAUTA: " É IMPORTANTE A UNIDADE NA APROVAÇÃO DA PAUTA DE CAMPANHA, PARA QUE A CATEGORIA PERMANEÇA UNIDA E POSSA AVANÇAR NAS CONQUISTAS".

quinta-feira, 13 de março de 2008

PREFEITURA FALTA COM A VERDADE AO DIZER QUE REVISÃO DO PLANO DE CARGOS DOS PROFESSORES JÁ FOI APROVADO

PREFEITURA DE ILHÉUSFALTA COM A VERDADE AO DIVULGAR QUE REVISÃO DO PLANO DE CARGOS DOS PROFESSORES JÁ FOI APROVADO

Após divulgação de farto material de propaganda, muitos pagos em páginas inteiras de jornais, que faltam com a verdade por parte da Prefeitura de Ilhéus, pondo em dúvida o compromisso, a responsabilidade e os reais interesses do atual prefeito para com a Educação e seus profissionais, a Diretoria da APPI vem a público esclarecer que até o presente momento não foi aprovado o Projeto de Lei de Revisão do Plano de Cargos e Salários do Magistério Público Municipal.
Além de faltar com a verdade, o Prefeito Newton Lima também descumpre o Acordo Coletivo da Campanha Salarial 2007, pois o Projeto de Lei deveria ter sido enviado a Câmara de Vereadores com pedido de urgência-urgentíssima, o que permitiria uma tramitação mais rápida do projeto.
Enquanto aguarda o restabelecimento da verdade, com ampla divulgação, pela Prefeitura de Ilhéus, a APPI exige que o prefeito cumpra o acordo e envie mensagem ao Legislativo com pedido de urgência-urgentíssima para o PL de Revisão do PCS do Magistério.
Os professores que estão com as suas atividades paralisadas durante todo o dia de hoje(14/03), realizarão assembléia a partir das 8:30h onde discutiram a situação o Projeto de Revisão do Plano de Cargo e Salários.

quarta-feira, 12 de março de 2008

Dia 14 - A GENTE PRECISA PARAR

EM ILHÉUS - ASSEMBLÉIA DA REDE MUNICIPAL AS 8:30H - NA CEPLAC; - ASSEMBLÉIA DA REDE ESTADUAL AS 10:00H - NA CEPLAC; PAUTA: PISO PROFISSIONAL NACIONAL DOS PROFESSORES PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS

INSCRIÇÕES PARA PÓS-GRADUAÇÃO DO CONVÊNIO APLB-FTC-EAD SÃO PRORROGADAS

PRORROGADAS AS INSCRIÇÕES NA FTC
Em relação ao convênio com a FTC EAD para Pós-graduação, está confirmado que o prazo de matrícula para as turmas que iniciarão em abril foi prorrogado para o dia 20 de março. Essa é uma turma que receberá o material em abril e no mês de novembro, concluirá o curso e poderá dar entrada para receber vantagem na rede estadual. Portanto, é de fundamental importância intensificarmos ainda mais a divulgação dessa pós-graduação, visitando as escolas nesse início de ano letivo e incentivando a capacitação de todos aqueles que puderem.
Os educadores lotados nas redes municipais também podem se inscrever. Não deixem porém de informar que para ter o desconto, o professor deve:
1. Ser associado à APLB (não é extensivo para familiares).
2. Manter contato comigo pelo telefone 71 82317107 ou através do e-mail aplb.convenios@gmail.com . Esse contato também poderá ser feito com a APLB-Salvador pelo 71 40098350 ou 40098383 (falar com Gilmário). O interessado deve telefonar antes de fazer a matrícula para que obtenha o número do seu cupom promocional (individual e utilizado apenas uma vez) que lhe dará direito ao desconto de 15% (quinze por cento) no curso escolhido. Os diretores da APLB no interior também podem, através de contato por e-mail, enviar o nome e dados (cadastro ou matrícula na rede pública, telefone, e-mail, escola, endereço) de cada pessoa interessada, para que nós possámos enviar o cupom de cada um.3. Entrar no site www.posondevoceestiver.com.br , clicar na página que abre no curso do seu interesse e matricular-se. Peço que seja repassada para os interessados como proceder durante a matrícula (conforme documento enviado para os diretores da APLB com instruções e apresentado no Conselho Geral). Serão gerados os boletos e após o pagamento do primeiro boleto, o aluno é considerado matriculado, recebendo material em casa.
Continuaremos com o convênio após o dia 20 de março de 2008, porém o prazo de conclusão do curso já não será o mesmo. Assim, é fundamental a divulgação imediata.

Saudações,

Kalila Pinto-- http://www.aplbsindicato.org.brTel: 71 40098383 / 40098350

quinta-feira, 6 de março de 2008

MAIS 60 DIAS PARA AS FUNCIONÁRIAS PÚBLICA GESTANTES

Mais 60 dias de Licença Gestante para as Funcionárias Públicas de Ilhéus

A Vereadora Carmelita, presidente da APPI, apresentou na Câmara de Vereadores mais um Projeto de Lei que visa melhorar as condições de vida das Funcionárias Públicas. O Projeto de Lei amplia o período de Licença Maternidade em mais 60 dias.



O projeto visa atender uma recomendação da Organização Mundial de Saúde, a Sociedade Brasileira de Pediatria e do próprio Ministério da Saúde, coincidindo com várias campanhas dos órgãos governamentais que pregam que as mães devem dedicar tempo integral aos bebês durante os primeiro 6 meses de vida.

O projeto que atinge também as funcionárias da Câmara de Vereadores, tem seu maior benefício é amamentar por mais tempo. O leite materno supre 100% das necessidades nutricionais do bebê com até 6 meses de vida, de acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria.

A funcionárias terão direito a remuneração integral durante os 60 dias de prorrogação da licença gestante. Veja o a íntegra do Projeto:



Câmara Municipal de Ilhéus
Poder Legislativo

GABINETE DA VEREADORA PROFESSORA CARMELITA -



PROJETO DE LEI Nº _______/2008


Ementa: Autoriza a Prorrogação da Licença Maternidade por mais 60 dias.

O Prefeito do Município de Ilhéus, faz saber que a Câmara de Vereadores aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º. Fica o Poder Executivo autorizado a conceder prorrogação por mais 60 (sessenta) dias da Licença-maternidade as servidoras do município de Ilhéus.

Parágrafo único. O prazo para a contagem desse tempo será aplicado de acordo com as normas em vigor, sem prejuízo da sua remuneração.

Art. 2º. Fica estendido o benefício previsto no artigo 1º as servidoras do Poder Legislativo do Município de Ilhéus.

Art. 3º. Durante todo o período da licença-maternidade a mãe da criança não poderá exercer qualquer atividade remunerada e nem colocá-la em creche.

Art. 4º. Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Sala das Sessões da Câmara Municipal de Ilhéus, 04 de março de 2008.

Prof.ª Carmelita Ângela S. Oliveira
Vereadora – PT
Propositora

Pimenta na Muqueca: "Módulos" (do CPM) na mira do MPE

05 Março 2008

"Módulos" na mira do MPE
"O Ministério Público (MPE), por meio do Grupo de Atuação em Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa, vai investigar se houve ato de improbidade administrativa na decisão do comando da Polícia Militar de adotar módulos didáticos nos colégios militares do Estado (CPMs).A informação é da promotora de Justiça Rita Tourinho, para quem o comandante da corporação, coronel Jorge Santana, deveria ter atentado, “ao menos para o princípio da razoabilidade, pois as instituições recebem material gratuito do Ministério da Educação”.Quanto à justificativa do comandante da PM Jorge Santana e de diretores dos CPMs, de que não houve contrato formal, por isso não houve licitação, Rita Tourinho foi taxativa:- Não existe informalidade para convênios ou acordos no setor público. Ainda mais desse jeito, em que a PM indica o fornecedor aos alunos."Os módulos didáticos do Sistema Positivo de Ensino foram impostos aos pais de alunos destes colégios.Leia mais da reportagem de Deodato Alcântara em A Tarde.