APLB

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Alteração no sábado letivo de 30 de maio



Por conta da paralisação geral que acontecerá nesta sexta-feira, dia 29, o sábado letivo de Rede Municipal de Educação foi transferido do dia 30 de maio para o próximo sábado, dia 06 de junho.

Governador atende reivindicações da APLB-Sindicato, durante audiência realizada em 26 de maio

Na terça-feira, 26 de maio, dirigentes da APLB-Sindicato se reuniram com o governador Rui Costa, na Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), de 10h às 12 horas. Várias reivindicações do sindicato foram debatidas durante a audiência. 
Um dos assuntos mais discutidos diz respeito aos prestadores de serviços temporários (PST). A APLB-Sindicato fez reunião com os prestadores de serviços nesse mês de maio (são 6.453 prestadores), sempre explicando que o regime PST configura exploração nociva da mão de obra, sobretudo porque os prestadores de serviço ganham apenas um terço (1/3) do profissional concursado. O governador, atendendo à reivindicação da APLB, afirmou que haverá seleção para substituir o PST. “Hoje nos reunimos com a APLB e anunciamos a substituição de todos os PSTs de professores por Reda. Serão mais de 6 mil professores contemplados. Ao mesmo tempo em que anunciamos a tramitação do processo para realização de concurso público, cujo edital devemos publicar até o mês de dezembro”, afirmou Rui Costa.
Sobre a URV, o governador disse que aguarda a decisão do Supremo Tribunal Federal para sentar à mesa de negociação com o sindicato e definir uma resolução da questão.
Em relação àqueles que querem se aposentar mas continuarem dando aula, definiu-se uma Gratificação de Permanência, estabelecida para os profissionais que preencherem os pré-requisitos previstos em lei, que se aposentam mas continuam trabalhando.
Também ficou garantida a eleição direta para diretores e vices das escolas em outubro próximo, como pretendia a APLB.
Uma nova gratificação para diretores de escolas, reivindicada pelo sindicato, também foi aprovada pelo governador Rui Costa.
Os dirigentes da APLB-Sindicato solicitaram ao governador intensificação do Pacto pela Educação, com implantação efetiva dos planos Nacional,  Estadual e Municipais de Educação.
Outra reivindicação do sindicato atendida pelo governador Rui Costa é a implantação de gabinete odontológico em escolas polos.
Também foi atendida a reivindicação de estágio para os estudantes das públicas.
Ficou definido que o terá agendas de reuniões com os secretários Osvaldo Barreto (da SEC); Etelvino Góes (da SAEB) e Josias Gomes (da SERIN) – que estavam presentes na audiência – para atualizar as reivindicações.

APPI volta a cobrar conclusão das obras da Escola Municipal Pequeno Príncipe


A presidente da APPI/APLB-Sindicato, Enilda Mendonça, participou nesta quarta-feira (27) de uma sessão especial na Câmara de Vereadores de Ilhéus para discutir sobre a situação da Escola Municipal Pequeno Príncipe.

Enilda Mendonça criticou a falta de compromisso do Governo Municipal com a educação e voltou a cobrar a conclusão das obras da Escola Municipal Pequeno Príncipe, paralisadas desde 2009.

Convocada para a sessão, a secretária de Educação, Marlúcia Rocha, não compareceu. Participaram das discussões, além dos dirigentes da APPI, professores da rede municipal, representantes do Conselho Municipal de Educação, pais e alunos.