APLB

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Assembleia geral nesta 5ª feira e inscrições para o Profuncionário

A APPI/APLB-Sindicato convoca todos os trabalhadores em educação da rede municipal de Ilhéus para uma assembleia que será realizada nesta quinta-feira (05), às 8 horas da manhã, na Câmara de Vereadores.

A APPI também informa aos trabalhadores em educação que as inscrições para o programa Profuncionário, do IFBA, estão abertas até esta sexta-feira, dia 06. Os interessados devem se dirigir à unidade do IFBA em Ilhéus, munidos do certificado de conclusão do ensino médio, documentos pessoais e contracheques.

Nova assembleia dos trabalhadores na manhã desta quinta-feira



Os trabalhadores estarão realizando uma nova assembleia na manhã desta quinta-feira, às 8 horas da manhã, em frente ao Palácio Paranaguá, para repassar o resultado da reunião com representantes do governo municipal e avaliar os rumos do movimento grevista. Os servidores também estarão decidindo sobre as atividades que serão realizadas durante o desfile cívico do dia 07 de setembro.

Servidores evitam que governo corte pagamento dos trabalhadores em greve

O governo municipal de Ilhéus pretendia fazer uma folha de pagamento deixando de fora os trabalhadores que estão em greve, repassando os salários apenas dos cargos comissionados e contratados, excluindo os concursados e efetivos. Acontece que a informação foi passada na manhã desta quarta-feira aos presidentes dos cinco sindicatos dos servidores públicos municipal, que consideram a atitude arbitrária e leviana, já que a greve não foi considerada ilegal e portanto todos tem o direito de receber os salários.

Em assembleia das categorias realizada na manhã desta quarta-feira, os servidores decidiram então visitar os setores de pessoal e de contabilidade da Prefeitura de Ilhéus, convidado os demais trabalhadores que ainda estavam em serviço para que juntasse ao movimento, deixando de fazer a folha de pagamento que excluía os servidores em greve. Os servidores também solicitaram que as portas da Prefeitura fossem abertas para que os contribuintes pudesse efetuar o pagamento dos impostos, evitando prejuízos para o município.