APLB

quinta-feira, 15 de maio de 2008

APPI CONVOCA ASSEMBLÉIA GERAL DA REDE MUNICIPAL


RESULTADO DA REUNIÃO COM REPRESENTANTES DO PLANSERV


Na reunião entre os servidores da Educação e da Saúde, os representantes do PLANSERV informaram sobre a tabela de contribuição, locais de atendimentos e sobre credenciamento de novas clínicas e hospitais. Infelizmente, não apresentaram nada de novo.
Da parte dos usuários presentes, restou os questionamentos sobre a demora na autorização dos exames e cirúrgias e a necessidade de credenciamento de profissionais nas áreas de pediatria, dermatologia e otorrinolaringologia.
O PLANSERV informou que existe algumas dificuldades em credenciamento de clínicas/hospitais em função da legislação exigir Certidões Negativas de Débitos com os impostos e obrigações sociais.
Os usuários participantes solicitaram, ainda, a implantaçao de um serviço de UTI-Móvel para transportar doentes em casos de emergência até Salvador.
Maiores informações no site do PLANSERV.


APROVADA LEI QUE OBRIGA ENSINO DE FILOSOFIA E SOCIOLOGIA NO ENSINO MÉDIO


Mais infomações no site do SINESP

PREFEITURA FAZ RECARGA DOS VALES-TRANSPORTE

Finalmente a Prefeitura de Ihéus fez o que é de sua obrigação, recarregou os cartões de transporte do professorado.


Com a recarga dos cartões, os profissionais da Educação irão aos seus postos de trabalho e os estudantes erão sua aulas.

Eperamos que a Prefeitura não volte a atrasar as recargas, pois os descontos nos contracheques não atrasam.

CARTÕES DE TRANSPORTE DOS PROFESSORES NÃO FORAM RECARREGADOS!

Em função do Governo Municipal não haver colocado recarga nos cartões de transporte(Ilhéus-Card) dos Professores, muito alunos da Rede Municipal de Ensino de Ilhéus poderão ficar sem professores em suas salas de aula.

O vale-transporte é um direito do trabalhador, que inclusive tem parte deste direito descontado antecipadamente em seu salário, assim, não tem porque o Prefeito descontar do salário do Servidor e não efetuar a devida recarga.

Em função da Prefeitura não vir cumprindo com sua obrigação, realizar a recarga, muitos professores têm sido expostos ao constrangimento de entrarem nos ônibus e serem barrados nas catracas.
Exigimos respeito!