APLB

quinta-feira, 7 de março de 2019

Em vigília, servidores exigem reintegração imediata ao trabalho

 
Os sindicatos representativos das categorias dos servidores públicos municipais de Ilhéus - Sinsepi, APPI\APLB, Sindguarda e Sindiacs\ACE - organizaram uma grande mobilização na sede da prefeitura, no bairro da Conquista, a partir das 9h da manhã de hoje.
 
Os servidores estão em vigília, no local, aguardando a imediata reintegração aos seus postos de trabalho, através de decisão proferida pela desembargadora Silvia Zarif, do Tribunal de Justiça da Bahia, que determinou a suspensão do Decreto 128/2019, assinado pelo prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, e o retorno imediato dos servidores contratados entre 1983 e 1988, que foram afastados no dia 7 de janeiro último.
 
“Com o fim do carnaval, logo a prefeitura receberá o ofício de notificação sobre a decisão judicial e, vale salientar, que tanto o Prefeito quanto o Secretário de Administração e o Procurador do Município afirmaram, ao cumprir a ordem de demissão dada em primeira instância, que “sentença judicial não se discute, se cumpre”. Agora, nós queremos a mesma medida, nessa nova sentença, que é de instância superior, inclusive, e estamos aqui para cobrar o cumprimento”, afirma a secretária intermunicipal da APPI/APLB, Enilda Mendonça.