APLB

sexta-feira, 1 de março de 2019

NOTA PÚBLICA


Os sindicatos representativos das categorias dos servidores públicos municipais de Ilhéus - Sinsepi, APPI\APLB, Sindguarda e Sindiacs\ACE – vêm a público comunicar que o Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), através de decisão proferida pela desembargadora Silvia Zarif, determinou a suspensão do Decreto 128/2019, assinado pelo prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, e o retorno imediato dos servidores contratados entre 1983 e 1988, que foram afastados no dia 7 de janeiro último.

Nesse sentido, as entidades sindicais esperam que o prefeito Mário Alexandre promova, com urgência, a reintegração dos servidores em questão, a partir da decisão do Tribunal de Justiça, conforme tem manifestado publicamente e ratificado perante o Plenário da Câmara Municipal de Vereadores, durante a sessão solene de abertura dos trabalhos legislativos, no último dia 19 de fevereiro.

Ademais, como o Procurador Geral do Município, Jefferson Rodrigues, e o secretário de Administração, Bento Lima, são homens que zelam por princípios e suas carreiras, assim como aconselharam ao prefeito a cumprir imediatamente a sentença do juiz primário, para não prejudicar o município, o curriculum/biografia do político Mário Alexandre e suas respectivas biografias no serviço público, temos plena certeza de que agora eles vão aconselhar ao prefeito cumprir a sentença da desembargadora do Tribunal de Justiça, emanada de instância superior.

Afirmamos que a disposição dos servidores prejudicados é o retorno normal às atividades de trabalho, de pleno direito, para continuarem contribuindo para o desenvolvimento de nosso Município.

Ilhéus, 1º de Março de 2019.