APLB

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

APPI alerta para o aumento da evasão escolar em Ilhéus

A presidente da APPI/APLB-Sindicato, Delegacia Sindical Costa do Cacau, Enilda Mendonça, participou na tarde desta terça-feira da sessão da Câmara Municipal de Ilhéus onde fez um relato da situação da educação no município, destacando em o problema da evasão escolar que tem aumentado a cada ano. De acordo com Enilda Mendonça, os números registrados no site do Ministério da Educação revelam que as escolas da rede municipal de Ilhéus vêm perdendo a cada ano alunos para outras unidades e até outras cidades por conta de problemas que vão desde a precariedade das unidades escolares, a falta de merenda escolar, de transporte, além da falta de compromisso do governo municipal com a educação.

Enilda Mendonça citou como exemplo que no ano 2000 existiam 26.462 estudantes matriculados e que no ano passado o número de matrículas caiu para 21.414. Isso acaba gerando prejuízos para a educação em Ilhéus. Os dados são ainda mais preocupantes se forem levados em consideração o número de matrícula dos últimos quatro anos.nas escolas da rede municipal em Ilhéus. De acordo com Enilda Mendonça, no período de 2010 a 2013 a evasão escolar foi 258 por cento maior que a década inteira de 2000 a 2010. A quantidade de alunos matriculados em 2014 não foi divulgada ainda, mas a presidente da APPI disse não ter dúvidas de que a evasão continua crescendo.

O objetivo da participação da APPI na Câmara Municipal foi alertar os vereadores para a gravidade da situação e a necessidade de todos estarem juntos nessa luta pela melhoria da qualidade de ensino em Ilhéus. Assustados com a situação, os vereadores aprovaram a realização de uma audiência pública no próximo dia 09 de setembro, na Câmara Municipal, para discutir a evasão escolar e a situação das unidades escolares em Ilhéus. Para a sessão serão convocados os secretários municipais de Educação, Marlúcia Mendes, e de Assistência Social, Jamil Ocké, para explicar os motivos de tanta evasão nas escolas de Ilhéus e quais as ações que estão sendo realizadas para evitar a perda de alunos e a quantidade de estudantes que estão fora das salas de aulas.