APLB

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

A APPI/APLB DISCUTE COM O GOVERNO MUNICIPAL A REDUÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO

A APPI/APLB tem se reunido com a Secretária de Educação a Profª Eliane Oliveira e sua equipe para discutir e organizar a rede para o cumprimento da Lei do Piso Nacional, quanto a redução da jornada de trabalho dos professores da Educação Infantil, Ensino Fundamental I e EJA.
Com o objetivo de debater com a categoria, durante a semana pedagógica, a APPI/APLB vai realizar PLENÁRIAS DELIBERATIVAS com os professores dos segmentos citados para a definição da categoria quanto a proposta da redução da jornada de trabalho.

AGENDA DAS PLENÁRIAS DELIBERATIVAS, NO  DIA 02/02/2017, NO AUDITÓRIO DA APPI/A -PLB

8H - PLENARIA DELIBERATIVA DA EDUCAÇÃO INFANTIL
PÚBLICO: TODOS OS PROFESSORES, SUPERVISORES E ORIENTADORES  DA EDUCAÇÃO INFANTIL;

13:30 - PLENARIA DELIBERATIVA DAS TURMAS MULTICICLADAS
PÚBLICO: TODOS OS PROFESSORES, SUPERVISORES E ORIENTADORES  DAS TURMAS MULTICICLADAS;

15:30 - PLENARIA DELIBERATIVA DO CICLO 2, CICLO 3 E EJA
PÚBLICO: TODOS OS PROFESSORES, SUPERVISORES E ORIENTADORES  DAS TURMAS DO CICLO 2, CICLO 3 E EJA.

PARTICIPE. SUA PRESENÇA É IMPORTANTE.


A APPI/APLB PARTICIPA DA REORGANIZAÇÃO DOS PROFESSORES DO COLÉGIO ESTADUAL PADRE LUIS PALMEIRA


Com a decisão do Governo do Estado de desativar o Colégio Estadual Padre Luis Palmeira para a construção da ponte do Pontal, nas mediações na Nova Brasilia, no Pontal, os professores e alunos ficaram sem ter para onde ir. O Estado havia se comprometido com a construção de um novo prédio para abrigar o Colégio, o que não se concretizou.

Diante do impasse a APPI/APLB conseguiu, através da SERIN e da SEC, o envio de uma técnica do setor de programação de Salvador, no dia 24/01, no Colégio Modelo, para reorganizar a vida dos professores, promovendo a remoção dos mesmos para outras unidades de ensino.

A remoção dos professores efetivadas na reunião já foram publicadas no Diário Oficial do Estado.



A APPI/APLB SE REUNE COM O PROCURADOR GERAL DO MUNICÍPIO

A direção da APPI/APLB  se reuniu com o procurador geral para discutir a pauta pendente dos trabalhadores em educação, com a gestão anterior.
PAUTA: 

  1. Processos de mudança de padrão/nível congelados desde 2013;
  2. pagamento do terço de férias dos servidores da educação;
  3. correção do enquadramento dos novos concursados;
  4. processo de acumulação de vínculos.
O procurador se comprometeu com o Sindicato de dar retorno as solicitações feitas pela APPI/APLB