APLB

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

APPI e Conselhos Municipais entram na luta para combater o aedes aegypti

A APPI/APLB-Sindicato e os conselhos municipais de Educação, Alimentação Escolar e Fundeb entram na luta para combater o aedes aegypti e convidam os conselheiros, profissionais da educação e comunidade ilheense para participar da Campanha da Educação Brasileira contra o mosquito transmissor da dengue, zika e chinkungunya. Para participar basta comparecer nesta sexta-feira, dia 26 de fevereiro, das 14 às 16 horas, à Biblioteca Municipal de Ilhéus, onde serão explicados os detalhes da campanha e a importância de cada um nesse combate.

A presidente da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME), Gilvânia Nascimento, informa que o Brasil enfrenta um momento extremamente grave com relação à infestação do mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue, da febre chinkungunya e do zika vírus.  “A gravidade da situação requer um esforço coletivo da sociedade brasileira e o compromisso do poder público, no sentido de adotar as estratégias necessárias para a eliminação dos focos de mosquito e a devida assistência e proteção à saúde de todos os cidadãos brasileiros, especialmente às populações mais vulneráveis, embora o mosquito não tenha fronteiras e nem escolha específica por classe social”, explica.

Segundo ela, a ação de todos é necessária para o enfrentamento desta questão tão grave e complexa que nos atinge neste momento. “Nossa participação é muito importante. Juntos podemos ajudar a alterar a rota traçada pelo mosquito. Nossas crianças precisam deste nosso compromisso. Os adultos também. Não sabemos onde pode estar a próxima vítima”, alerta. Durante o encontro serão distribuídos materiais informativos com orientações para a comunidade sobre as causas das doenças, os sintomas e como combater o mosquito.

O presidente da APPI/APLB-Sindicato, Osman Nogueira Junior, destaca a importância da comunidade escolar divulgar essas informações para sua família, colegas e para a comunidade do bairro. “Contamos com ajuda de todos no combate ao mosquito e a todas as suas terríveis consequências. O mosquito não pode ser mais forte que um país inteiro”, complementou. A reunião será aberta a toda a comunidade interessada em se engajar nessa luta de combate ao mosquito aedes aegypti.



CPM informa sobre agendamento para curso do CPA-Supletivo



O Colégio da Polícia Militar Rômulo Galvão informa que todo candidato que quer se inscrever na CPA (Comissão Permanente de Avaliação- Supletivo) precisa fazer agendamento on line no site da Secretaria Estadual de Educação ou no site cpa.educacao.ba.gov.br, no período de 01 a 03 de março.

O atendimento de 07 a 10 de março apenas ocorrerá para aqueles que já tiveram feito seu agendamento. Qualquer dúvida basta ligar para o telefone 3634-4133, do CPM/CPA, para receber maiores esclarecimentos.