APLB

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

APPI/APLB se reúne com professores para garantir o turno noturno na Escola da Proa

A APPI/APLB-Sindicato se reuniu na tarde desta segunda-feira com professores das escolas estaduais Padre Luiz Palmeira e Grupo Escolar da Proa para discutir a permanência do turno noturno em pelo menos uma dessas unidades escolares. O objetivo é garantir a continuidade dos professores nas salas de aulas de origem ou em unidades mais próximas, além de oferecer aos alunos a oportunidade de continuarem seus estudos à noite.

A proposta apresentada pelos professores foi de manter o turno noturno no Colégio Estadual da Proa, utilizando os profissionais e relocando alunos do Padre Luiz Palmeira, que já é uma escola de tempo integral. A APPI/APLB havia procurado o Núcleo Regional de Educação (NRE-05) e recebeu a garantia da diretora geral Solange Sampaio de que o turno noturno em uma dessas escolas seria mantido. No entanto os turnos noturnos foram retirados e não foram disponibilizadas matriculas. Com isso os professores estão sem saber para onde serão relocados.

Diante da necessidade de garantir a permanência do turno noturno, a APPI estará se reunindo com professores e estudantes na próxima quinta-feira, às 19 horas, para fazer um mapeamento inicial do número de vagas e alunos. Em seguida será encaminhado esse mapeamento para o NRE-05 e para a Secretaria Estadual de Educação mostrando a necessidade de garantir a permanência do turno noturno.