APLB

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Servidores estaduais exigem respeito! Assembleia conjunta nsta quarta-feira (16), no Ginásio dos Bancários

Os trabalhadores em educação da rede estadual realizaram uma paralisação com manifestação nesta quarta-feira, 2 de abril, na Assembleia Legislativa da Bahia para reivindicar o pagamento da URV e o reajuste salarial. A direção da APLB-Sindicato esteve presente e a manifestação foi realizada, além dos trabalhadores em Educação, em conjunto com todos os servidores públicos estaduais.

 

Ficou definido que até o dia 15 de abril todas as entidades sindicais deverão realizar uma assembleia de sua categoria, para então, no dia 16 de abril, ocorrer uma assembleia conjunta, às 9 horas, com todos os servidores, no ginásio de Esporte dos Bancários, nos Aflitos.

 

Os trabalhadores reagiram com revolta diante do texto enviado pelo governador Jaques Wagner. O pagamento do reajuste linear será dividido em duas vezes: 2% em abril, retroativos a janeiro, e 3,91% sobre o salário de abril, no mês de julho. Totalizando 5,91%.

 

Esta última parcela seria paga no mês de setembro e foi antecipada pelo governo. A direção da APLB-Sindicato luta por um aumento Linear e uma promoção de 14% para a categoria. De acordo com o coordenador geral da entidade, Rui Oliveira, nesta quarta-feira (2), à tarde, o governo do Estado deve bater o martelo sobre a questão.