APLB

sexta-feira, 11 de maio de 2012

NOTA DE REPÚDIO

A CNTE – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, representante de mais de 2,5 milhões de trabalhadores no ensino público básico no país, vem a público repudiar as atitudes autoritárias que o governador Jaques Wagner vem adotando diante da greve dos educadores da Bahia, que já dura 28 dias.
Cumpre-nos ressaltar que a greve é fruto do descumprimento de acordo feito entre o próprio governo e a categoria representada pela APLB-Sindicato, nossa afiliada no Estado da Bahia, o qual garantia aos professores o pagamento integral do reajuste do piso na Carreira.
Numa condição lamentável de intransigência e não-diálogo, o governador Jacques Wagner autorizou o corte de ponto dos grevistas, zerando os contracheques, suspendeu o crédito da cesta do povo, onde os/as professores/as compram alimentos, e vem usando ostensivamente a mídia paga para tentar desmobilizar a categoria em greve – ações estas somente executadas no período do regime militar e pelos governantes retrógrados e de direita neste país.
Queremos conclamar as autoridades da Bahia a realizarem esforços junto ao governo estadual, no sentido de que o mesmo reabra as negociações com a categoria, a fim de evitar o prolongamento da greve.
A CNTE espera que o Governo do Estado da Bahia cumpra com o acordo firmado com o Sindicato, garantindo a aplicação do reajuste do piso, tendo o mesmo como referência inicial da carreira, respeitando sua aplicação nos demais níveis de formação, bem como aplicando um terço da jornada para o trabalho pedagógico, conforme dispõe a Lei Federal 11.738/2008

Brasília, 8 de maio de 2012


Diretoria Executiva da CNTE





Notícias da greve da rede estadual


Bom dia, categoria de trabalhadores em educação!
Ontem, 10 de maio, pela manhã, o acerbispo da Bahia participou de uma reunião com o secretário de Educação do estado, Oswaldo Barreto e pela parte da tarde, com o comando de greve e APLB. Em entrevista com Marilene Bertros, da APLB Sindicato, ela disse que essa intermediação do acerbispo foi importante e que hoje, Rui Oliveira, Diretor Geral da APL...
B e Diretoria Geral da CNTE, estarão em Brasília para encontrar com o Ministro da Educação, Aloísio Mercadante. Espera-se que o governador atenda a categoria e receba o sindicato para negociação ainda na próxima semana. Qualquer informação estaremos divulgando nas redes sociais e também na próxima assembleia da categoria que será realizada, na próxima segunda-feira, dia 14/05, às 15H, no CEEP(Colégio Estadual de Ilhéus).
Continuando unidos, sempre estamos fortalecidos.