APLB

sábado, 4 de abril de 2009

Prefeitura compra alimentos, mas merenda some

Prefeitura compra alimentos, mas merenda some

A Prefeitura de Ilhéus gastou quase 700 mil reais nos últimos meses com a suposta compra de produtos para a merenda, mas desde o início do ano as crianças estão sem o lanche. São mais de 23 mil alunos estão sem o benefício.
Segundo a presidente do Conselho de Alimentação Escolar, Jaciara da Silva Santos, a maioria dos gastos com as supostas compras ocorreu em dezembro de 2008 e em janeiro deste ano. Neste período as crianças estavam de férias.
Ela diz que não sabe para onde foram levados os alimentos supostamente adquiridos. O certo é que os alunos, incluindo as crianças das creches e pré-escola, estão sem merenda desde o dia 16 de fevereiro.
A Secretaria de Educação prometeu regularizar o fornecimento da merenda escolar na próxima semana, mas não explica as compras nem o sumiço. Mais detalhes na edição do jornal A Região deste final de semana.
Fonte: ARegião