APLB

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

VICE-PREFEITA DE URUÇUCA PARTICIPA DE ASSEMBLÉIA

VICE-PREFEITA DE URUÇUCA PARTICIPA DE ASSEMBLÉIA

Compreendendo a situação dos Professores e se solidarizando com a categoria em sua luta pela manutenção dos direitos conquistados, quem também participou da Assembléia foi a Vice-Prefeita, Fernanda Silva.

Ela colocou que a luta dos trabalhadores em educação é antiga e muito sofrida, que cada conquista conseguida pelos Professores, são conquistas que acabam refletindo em uma melhoria da qualidade da educação.

A Vice-Prefeita, Fernanda Lima disse que buscará junto aos Vereadores, e até mesmo ao Prefeito, esclarecer que a Lei de Cargos e Vencimentos não impõe sacrifícios financeiros à Prefeitura.
Quem também participou da Assembléia foi a vereadora Magnólia, que disse reconhecer no Prefeito um homem de diálogo, e comprometeu-se em ser um canal de negociação entre a categoria e o chefe do Executivo.

PROFESSORES DE URUÇUCA PARTICIPAM DE ASSEMBLÉIA

PROFESSORES DE URUÇUCA PARTICIPAM DE ASSEMBLÉIA

Os professores da Rede Municipal de Uruçuca realizaram, nesta quinta-feira (12/02), uma assembléia para discutir os problemas que a categoria está passando desde a posse do Prefeito Moacir Leite.

Infelizmente, o Prefeito insiste em descumprir a Lei Municipal 405/2008 - Estatuto e Plano de Carreira e Vencimentos do Magistério Público de Uruçuca. Entre os principais desrespeitos do Governante está a não nomeação dos Diretores e Vice-Diretores eleitos em Processo de Eleição Direta no mês de Novembro de 2008 e que deveriam ter sido empossados pelo atual Prefeito na primeira quinzena de Janeiro passado, conforme determina a supracitada Lei "Art. 10º - Gestor e Vice-gestor das unidades escolares da Rede Municipal de Ensino serão escolhidos, por eleição direta..." e Art. 10º - "§ 3° - A eleição deverá acontecer na 1ª (primeira) quin­zena do mês de novembro, e os eleitos assumirão na 1ª (primeira) quinzena de janeiro do ano em curso.".

O Prefeito também reduziu os salários da categoria. Fingindo desconhecer a Lei, o atual Governo Municipal pagou os salários dos professores pelo valor de Novembro de 2008, descumprindo o disposto no Art. 12, da mesma Lei, que reenquadrou automaticamente a Classe dos Professores já a partir de Dezembro de 2008.

Agora o Prefeito anda pelos quatro cantos do Município dizendo que vai revogar a Lei. Neste momento o Sr. Moacir peca em duas coisas:

Primeiro o desrespeito aos Vereadores e ao Poder Legislativo, ao não reconhecer o esforço dos Vereadores, vários reeleitos, debatendo e aprovando uma Lei importante para a Educação de Uruçuca.

Segundo, mostra desrespeito pelo dinheiro público, pois ele sabe que o funcionamento da Câmara de Vereadores ao realizar Sessões de debate e aprovação de leis, é uma coisa séria e tem um custo, que quem paga é a população.

DECISÕES DA CATEGORIA
Ao fim da Assembléia, a categoria decidiu se manter mobilizada, entrar com ações junto a Justiça.



Também deliberou participar da Semana Pedagógica para não prejudicar o ano letivo de Uruçuca. Por fim, estabeleceu o prazo de até quarta-feira (18/02) para que o Sr. Prefeito reveja sua posições, caso contrário o ano letivo poderá não ser iniciado no Município.

DIRETORES DA APPI FAZEM EXPOSIÇÃO NA JORNADA PEDAGÓGICA DE ILHÉUS

DIRETORES DA APPI FAZEM EXPOSIÇÃO NA JORNADA PEDAGÓGICA DE ILHÉUS

Comprovando, mais uma vez, que a ação sindical da APPI vai muito além do estereótipo de sindicato que só trata de salário, as dirigentes sindicais Carmelita, Enilda e Jaciara foram oradoras na Jornada Pedagógica da Rede Municipal, cada uma falando sobre determinada área de atuação enquanto dirigente sindical (na foto ao lado, da esquerda para a direita; Jaciara(APPI), Isabel (CMDCA), Enilda e Carmelita (APPI), Prof.ª Gilvânia (CME) e Maciel (Sec. de Educação).

A Professora Carmelita, Presidente da APPI, expôs sobre as ações desenvolvidas pelo Sindicato como a construção de Planos de Carreira em Ilhéus e demais Municípios que pertecem a base da APPI, atuação Jurídica, participação sobre saúde do trabalhador e questões de gênero.

Enilda, Vice-Presidente da APPI e Presidente do Conselho do FUNDEB, esclareceu o que é o FUNDEB, as ações desenvolvidas ao longo de 2008 e a perspectiva para 2009, principalmente avançar na avaliação da prestação de contas da Prefeitura, que encontra-se atrasada por falta de apresentação de documentos pelos Gestores Municipais.

Já a Professora Jaciara, Diretora de Núcleos e Presidente do CAE, colocou sobre o que é o Pragrama Nacional de Alimentação Escolar - PNAE, as regras de aquisição de alimentos e o papel do Conselho, as ações de fiscalização realizadas em 2008, além da perspectiva de ver o Governo Municipal executar o Programa de forma que não repita as irregularidades de anos passados.