APLB

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

SERVIDORAS DE ILHÉUS CONQUISTARAM 180 DIAS DE LICENÇA GESTANTE

SERVIDORAS DE ILHÉUS CONQUISTARAM
180 DIAS DE LICENÇA GESTANTE

Foi aprovada, ontem, 23/09/08, o Projeto de Lei que prorroga para 180 dias a Licença Gestante que foi apresentado pela Vereadora Professora Carmelita.
Com a Licença de 180 dias, a mãe terá mais tranqüilidade de acompanhar seu filho nos primeiros seis meses de vida. Para o bebê, além do fortalecimento da relação mãe-filho, ele conseguirá se alimentar mais calmamente.
Já do ponto de vista da saúde do bebê, a amamentação por seis meses reduz em até 17 vezes as chances da criança contrair pneumonia, em 5,4 vezes a probabilidade de ter anemia e 2,5 vezes de ter crises de diarréia.
“A Lei de 180 Dias de Licença Gestante foi sancionada pelo Presidente Lula para as Servidoras Públicas Federais. Em várias cidades do Brasil já existe esta Lei, e agora chegou a vez de Ilhéus melhorar a qualidade de vida das suas crianças e mães” disse a Vereadora Professora Carmelita.
Além da Prorrogação da Licença Gestante, também foi aprovado o Projeto que amplia a participação dos usuários no Conselho Municipal de Transporte, inclusive com a participação da APPI e do DCE-UESC; e a lei que cria a Semana Municipal de Combate a Discriminação e Combate a Homofobia.

APPI garante isonomia para Professor - C

APPI garante isonomia para Professor - C

Prevista na Lei 3.346/2008 (PCCS do Magistério Público de Ilhéus) a isonomia entre os Professor C e Pedagogos, passando todos a terem nomeclaturas de Professor C, com carga horária e salários iguais, finalmente foi paga.
Isonomia que deveria ter entrado em vigor desde a publicação da Lei 3.346/2008, em 27 de maio de 2008, só agora, por pressão da Diretoria da APPI e das cobranças da Vereadora Professora Carmelita, foi paga aos Professores e Professoras.
Fique ligado, prefeitos não fazem favores, nós conquistamos nossos direitos com muita luta e mobilização.
APPI-APLB/Sindicato

Estudantes com deficiência passam a contar com mais recursos

Estudantes com deficiência passam a contar com mais recursos

O decreto 6.571/08, que reestrutura a educação especial, foi apresentado na quinta-feira, 18, pelo ministro da Educação, Fernando Haddad. O documento consolida diretrizes e ações já existentes, voltadas à educação inclusiva, e destina recursos do Fundo da Educação Básica (Fundeb) ao atendimento de necessidades específicas do segmento. O objetivo é dar apoio complementar à formação de alunos com deficiência.
As escolas públicas de ensino regular que oferecem atendimento educacional especializado no contraturno das aulas terão financiamento do Fundeb a partir de 2010. A matrícula de cada aluno da educação especial em escolas públicas regulares será computada em dobro, com base no censo escolar de 2009, aumentando o valor per capita repassado à instituição. Isso vai possibilitar o investimento na formação continuada de professores, na implantação de salas de recursos multifuncionais e na reformulação do espaço físico. Leiam mais no site da CNTE.

PRESENTE DO DIA DAS CRIANÇAS: PASSAGEM R$ 2,20

PASSSAGEM DE ÔNIBUS VAI AUMENTAR.
Para dois reais e vinte centavos(R$ 2,20) à partir do dia doze(12) de outubro. Uma semana após a eleição.

A notícia é do blog ABORDUNA