APLB

quarta-feira, 16 de abril de 2008

ILHÉUS - CATEGORIA VAI À CÂMARA E GARANTE APROVAÇÃO DO PCCS

ILHÉUS - CATEGORIA VAI À CÂMARA E GARANTE APROVAÇÃO DO PCCS

Professores lotaram o plenário da Câmara de Vereadores de Ilhéus e viram ser aprovado o PL 004/2008, que atualiza Plano de Cargos, Carreira e Salários e o Estatuto do Magistério Público Municipal. Para os professores presentes a aprovação é fruto do trabalho articulado no tripé categoria, Direção do Sindicato e ação institucional, esta última feita através da Vereadora Professora Carmelita que é presidente da APPI-APLB/Sindicato.

Para a direção da APPI, que é a Delegacia Sindical da APLB/Sindicato, este foi um passo importante na busca de uma melhor qualidade na educação pública municipal. As leis em vigor estão defasadas e em discordância com a LDB. "Com a nova lei os profissionais do Magistério Municipal passam a ter incentivos para continuarem se qualificando e aperfeiçoando, têm regras claras para avanço na carreira e para o pleno exercício de sua profissão.", comentou a professora Enilda Vice-Presidente da APPI.

Ainda segundo a Diretoria da APPI, vale destacar o Art. 60, que dispõe sobre a saúde dos profissionais. "Vários estudos mostram que os professores e professoras estão doentes. São doenças oriundas das condições adversas de trabalho. Garantir a readaptação funcional dos nossos profissionais é fundamental.", disse a professora Selma Estrela, diretora da APPI.

AÇÃO INSTITUCIONAL
A atuação da Vereadora Carmelita foi fundamental para que o projeto fosse aprovado. Além de realizar as defesas e apresentar as emendas que foram sendo identificadas como necessárias, a vereadora Carmelita atuou junto aos demais vereadores para que todos se comprometessem em votar dentro dos interesses da categoria e do Município. "Em nome da categoria ficam os nossos agradecimentos a todos os vereadores que entenderam e atenderam aos anseios dos profissionais do magistério público de Ilhéus." disse Carmelita.
INCENTIVO A QUALIFICAÇÃO PODE CHEGAR A 50% DO SALÁRIO BASE.
Para a Vereadora foram grandes as conquistas. "Os professores que fizeram cursos de atualização, aperfeiçoamento ou pós-graduação a partir de 2005, receberão gratificações financeiras que vão num percentual de 5% até somar 50% do seu salário base, isto é ótimo. Já havíamos conquistado o direito ao tiquete-alimentação na campanha salarial de 2007, mas agora ele é lei, deve ser reajustado a cada campanha salarial. Os critérios para mudança de Referência estão definidos com critérios bem claros. Sem dúvida, foram grandes as conquistas!", continuando a Professora Carmelita, "De nossas mobilizações nascem nossas vitórias. De nossas vitórias nasce uma educação de maior qualidade e profissionalismo !", concluiu a Presidente da APPI.