APLB

quarta-feira, 6 de julho de 2016

A APLB-Sindicato é solidária aos trabalhadores terceirizados e tenta junto à SEC uma resolução imediata para não prejudicar os estudantes

A diretoria da APLB-Sindicato informa que é solidária aos trabalhadores terceirizados das escolas públicas estaduais em sua luta por salário justo e regular; e que está tentando junto à Secretaria Estadual de Educação uma resolução o mais rápido possível no sentido que governo estadual, empresas de terceirização e funcionários terceirizados cheguem a um denominador comum para que as aulas e, em consequência, os estudantes, não sejam penalizados.

 

A APLB-Sindicato lembra a todos que o sindicato que representa os trabalhadores terceirizados é o Sindilimp e é a esta entidade que os funcionários devem se dirigir para encaminhar sua luta pela defesa dos seus direitos.

 

Diretoria da APLB-Sindicato

Atendimento para o processo de reclassificação será no dia 13 de julho

A APPI/APLB-Sindicato informa aos aposentados da Rede Estadual de Educação até o ano de 2002 que o atendimento para a apresentação da documentação do processo de reclassificação será realizado no dia 13 de julho, das 8 às 12 horas e das 13h30min às 17 horas, no andar térreo do sindicato.
Para isso, é preciso apresentar os seguintes documentos:
Cópia do Ato Aposentador (aposentados até o dia 22/10/2002);
Cópia do RG e CPF;
Cópia do Comprovante de Residência;
Contracheque do mês anterior à aposentadoria;
Contracheque dos dois meses subsequentes à aposentadoria para verificação do nível/classe que estava enquadrado na oportunidade da aposentadoria;
Contracheques do mês a partir da vigência da Lei 8.480/2002 (Outubro de 2002) até aos dias atuais;

Cópia do cartão do banco contendo número da conta bancária, número da agência e nome do banco.