APLB

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Uma reflexão sobre o Dia do Professor.

Uma reflexão sobre o Dia do Professor.
Várzea Grande, 16/10/2002.

Belas frases como: “ O professor é aquele que faz brotar duas idéias onde antes só havia uma”, de Elbert Hubbard ou “Um professor que tenta ensinar sem inspirar em seus alunos a vontade de aprender, fala para o vazio”, de Horace Mann, já podem ser lidas nos murais das escolas. O ambiente é, em geral, coroado de discursos de improviso, flores, refrigerantes, salgadinhos, passeios e, por que não lembrar o ponto alto da festa, o merecido feriado escolar? São muitos os regalos e os mimos dirigidos aos docentes durante as comemorações ao Dia do Professor. São eles que, após anos de estudos , tomam para si a missão de ensinar não só letras e números, mas ensinar, para seus educandos, a soletrar a paz entre os povos, o valor substantivo da esperança, solidariedade e coragem.
Mas qual o real significado ou origem do dia 15 de outubro? Tudo começou com um decreto imperial, de 15 de outubro de 1827, que trata da primeira Lei Geral relativa ao Ensino Elementar. Este decreto, outorgado por Dom Pedro I, veio a se tornar um marco na educação imperial, de tal modo que passou a ser a principal referência para os docentes do primário e ginásio nas províncias. A Lei tratou dos mais diversos assuntos como descentralização do ensino, remuneração dos professores e mestras, ensino mútuo, currículo mínimo, admissão de professores e escolas das meninas. Leia mais.

Escolas estaduais elegem colegiado na próxima segunda-feira (13)

Escolas estaduais elegem colegiado na próxima segunda-feira (13)

Professores, coordenadores pedagógicos, servidores, estudantes e pais e representantes das comunidades já estão mobilizados para as eleições dos colegiados escolares, que acontece na próxima segunda-feira (13), nas 1.753 escolas da rede estadual. A votação ocorrerá em todas as escolas e busca consolidar a gestão escolar democrática em rede e com efetividade social. Os conselhos têm papel deliberativo, consultivo, avaliativo e mobilizador e os eleitos terão mandato de dois anos, sendo permitida apenas uma recondução.
A ação é amparada pela Lei Estadual nº. 11.043, de 09 de maio de 2008, que traz avanços significativos relacionados às finalidades, competências e composição do Colegiado Escolar. Além de ampliar a participação da comunidade escolar e local na gestão pedagógica, financeira e administrativa das unidades escolares, ele renova a proposta de integração de pais, estudantes, servidores e comunidade local, como agentes co-responsáveis pelo fortalecimento da gestão em rede.
Lei mais no site da SEC-BA.

NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE MOBILIZAÇÃO DO PISO SALARIAL NACIONAL

NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE
MOBILIZAÇÃO DO PISO SALARIAL NACIONAL

A Diretoria da APPI-APLB/Sindicato esclarece que não existe nenhuma convocação de paralisação por parte da CNTE-Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação para o mês de outubro, sendo que sua determinação na luta pela implementação do Piso Nacional é que sejam feitas mobilizações através da ocupação de espaços na mídia local. Assim, a APPI estará no próximo dia 16/10, buscando espaços para conceder entrevistas a cerca da importância da implantação do Piso Nacional já no ano de 2009.
Vejam, abaixo, cópia do e-mail da CNTE para a APPI:

Date: Thu, 9 Oct 2008 11:40:20 -0300
From: cnte@cnte.org.br
To: enilda_mendonca@hotmail.com
Subject: Re: CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação: MOBILIZAÇÃO

Prezada Enilda

A campanha de mobilização pelo piso permanece até dezembro, porém não está prevista outra paralisação até o momento. Para outubro, a CNTE e suas afiliadas vão intensificar a pressão aos gestores por meio da mídia, com anúncios em jornais regionais, outdoors e adesivos. Material já enviado às entidades. Mais detalhes sobre a campanha pode acessar nosso site e continuar enviando mensagens. Continuamos à disposição.

Atenciosamente,

Antonio Marques
Secretaria executiva