APLB

sexta-feira, 6 de junho de 2008

DE 8 POR CENTOS ILUSÓRIOS A REAIS ZERO POR CENTO

Os professores da Rede Municipal de Ensino de Ilhéus, por decisão unânime da categoria, realizarão mais 2 dias de paralisação, nos dias 11 e 12 de junho. A paralisação se dará em função da posição do Prefeito Newton de não conceder reposição das perdas salariais dos Servidores Públicos Municipais.

Depois de passar uma semana com notícias nos meios de comunicação divulgando que já havia concedido 8% de reajuste, finalmente o fim do truque. E ao invés dos tão divulgados 8%, na verdade mostrou que o reajuste é ZERO.

O Governo tem se mostrado um bom ilusionista. Disse que "investiu mais de 1 milhão de recursos próprios" na merenda escolar, mas o Conselho da Alimentação Escolar desmascarou o a falsa ilusão.

Recebeu a verba do Governo Federal do Programa Corredores Urbanos, para colocar Ponto de Ônibus, e já começam a dizer que são recursos próprios.

Divulgou ter compromisso com os professores, mas, até a presente data, não publicou a Lei do Plano de Cargos, Carreira e Salários.

Diz estar cumprindo o TAC - Termo de Ajuste de Conduta do Ministério Público, mas na educação tem mais de mil contratos, onde ao demitir ele não paga os direitos trabalhistas.

Pelo andar da carruagem, temos uma grande falácia dizendo transformar Ilhéus numa linda Cinderela, quando os problemas estão se avolumando em quase todos os setores. Servidores sem reajuste salarial, o município perdendo verbas federais por falta de projetos em quase todos os Ministérios: saúde, educação, turismo, cidades.... entre outros. Até quando essa situação perdurará?