APLB

sexta-feira, 27 de abril de 2012

APOSENTADOS E PROFESSORES NA ATIVA DA REDE ESTADUAL DE ENSINO PARTICIPARAM DE ASSEMBLEIA

Na tarde de hoje, 27/04/2012, no auditório do CEEP(Colégio Estadual de Ilhéus), professores aposentados e da ativa da rede estadual de educação do estado da Bahia participaram de mais uma assembleia para discutir sobre o movimento grevista na cidade de Ilhéus.
Uma nova agenda de atividades foi construída nessa assembleia.
Veja a programação.
  • 29/04/2012 (DOMINGO)
Panfletagem na rodovia Ilhéus/Olivença, KM 01, (ao lado da AFC), às 9 H com participação no evento em comemoração ao dia 1º de Maio, promovida pelos sindicatos filiados a CTB.

  • 02/05/2012 ( QUARTA-FEIRA)
Panfletagem em Olivença às 17H. Ponto de encontro:  Colégio Jorge Calmon
Reunião de pais e assembleia às 18H, no Colégio Jorge Calmon.

  • 03/05/2012 (QUINTA-FEIRA)
Panfletagem na URBIS às 17H
Reunião de pais e assembleia, às 18H. Local a definir (Divulgaremos no blog, emails, facebook e outros meios de comunicação)


RESULTADO DA ASSEMBLEIA DA REDE ESTADUAL EM SALVADOR: A GREVE CONTINUA!


A assembleia realizada pelos profissionais da educação na manhã desta sexta-feira (27 de abril), na Assembleia Legislativa, no CAB, teve ampla participação da categoria, com representantes da capital e do interior. Ao final, a assembleia deliberou o seguinte:
Passeata após a assembleia, em direção à Governadoria.
Na Governadoria, o comando de greve protocola um ofício de solicitação de audiência com o governador Jaques Wagner.
Reuniões nas zonais na tarde desta sexta-feira, 27 de abril, na capital.
Reuniões das regionais, no interior.
Atividades das zonais no sábado e no domingo (28 e 29 de abril), inclusive com distribuição de panfletos nos jogos do Vitória x Feirense, no Barradão (neste sábado) e do Bahia x Vitória da Conquista, em Pituaçu (no domingo).
Manifestação na cidade de Santo Amaro, domingo, por ocasião da gravação do quadro “Se vira nos 30”, do Programa do Faustão.
Segunda-feira, 30 de abril, dirigentes da APLB-Sindicato e da CNTE tentam uma audiência com o ministro da Educação, Aloísio Mercadante, em Brasília, para explicar a situação da educação na Bahia e o porquê da greve.
Terça-feira, 1º de Maio, Dia do Trabalhador. Participação da categoria no ato político com diversas centrais sindicais às 17 horas na Praça da Piedade, em Salvador.
Quarta-feira, 2 de maio, assembleia da categoria, às 9 horas, na Assembleia Legislativa.
A ocupação na Assembleia Legislativa continua. A greve continua!