APLB

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

PARALISAÇÃO DA REDE ESTADUAL

A APPI APLB SINDICATO CONVOCA




PARALISAÇÃO DA REDE ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DA BAHIA


Alteração no PLANSERV proposta pelo Governo Estadual




30 e 31 de agosto de 2011 (terça e quarta)

Trabalhadores em educação e os outros servidores decidem paralisar trabalhos terça e quarta-feira, 30 e 31 de agosto

Depois da assembleia, no ginásio do Sindicato dos Bancários, os trabalhadores saíram em passeata pelo Centro da capital baiana. Há um pensamento geral de que as alterações propostas pelo governo no Planserv são ruins para os servidores. Nesta sexta-feira, às 9 horas, haverá uma reunião de técnicos e superintendentes do Planserv com deputados governistas na sala da liderança na Assembleia Legislativa, vão analisar os pontos do Projeto de Lei 19.394/2011 que os servidores não aceitam. A segunda reunião dessa natureza será na segunda-feira, 29, no mesmo local, às 14 horas. Na quarta-feira, deverá ocorrer a votação, a partir de 10 horas.

Na assembleia desta quinta-feira a decisão foi de parar os trabalhos terça e quarta-feira, 30 e 31 de agosto. Assim, não haverá aulas na Rede Estadual nesses dois dias. E nem atendimento nas outras esferas sociais do funcionalismo público.



APPI-APLB SINDICATO COMPLETA HOJE, 32 ANOS DE HISTÓRIA



APPI-APLB SINDICATO

ANOS DE HISTÓRIA

A APPI-APLB SINDICATO ESTÁ COMPLETANDO HOJE, 32 ANOS DE HISTÓRIA EM DEFESA DOS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO E POR UM PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE QUALIDADE.

PARABÉNS A TODOS OS TRABALAHORES E TRABALHADORAS EM EDUCAÇÃO E DIRIGENTES SINDICAIS QUE DURANTE TODOS ESSES ANOS ESTIVERAM DE MÃOS DADAS PARA O FORTALECIMENTO DA CATEGORIA.

A VEREADORA, SINDICALISTA E PROFESSORA CARMELITA CONSEGUE APROVAÇÃO DA LEI MUNICIPAL 3 556

A Lei Municipal 3.556 surgiu através de um Projeto de Lei criado pela vereadora, Carmelita Ângela (PT). A Lei dispõe sobre a caracterização do assédio moral nas dependências da Administração Pública Municipal direta, indireta, autárquica e fundacional de Ilhéus.

O assédio moral ou mobbing no trabalho, define-se como sendo qualquer comportamento abusivo (gesto, palavra, comportamento, atitude) que atente, pela sua repetição ou pela sua sistematização, contra a dignidade ou a integridade psíquica ou física de uma pessoa, pondo em perigo o seu emprego
ou degradando o clima de trabalho.
Leia a publicação da LEI através do link abaixo:
http://www.io.org.br/sitesMunicipios/temp/2011_08_03536003271.pdf