APLB

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

PISO NACIONAL E REGRAS DE APOSENTADORIA FORAM TEMAS DISCUTIDOS NA ASSEMBLEIA DOS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE ILHÉUS

Na assembleia realizada ontem, 16 de setembro de 2009, no Teatro Municipal de Ilhéus, a APPI-APLB Sindicato discutiu dois temas de extrema importância para a carreira do Profissional de Educação: Piso Nacional e Regras de Aposentadoria do INSS e do FUNPREV ( Fundo de Previdência dos Servidores Públicos do Estado da Bahia ).
A presidente da APPI, professora Enilda Mendonça fez uma excelente exposição das regras de aposentadoria para os trabalhadores da rede municipal e para a rede estadual já que são formas de previdências diferentes. No ensejo, muitos profissionais aproveitaram para tirar dúvidas sobre o assunto e adquirir conhecimentos mais concretos acerca dos seus direitos.
Enilda Mendonça ressaltou ainda na assembleia que, estar sempre acompanhando os extratos de contribuição previdenciária e a sua atualização e ou correção diminuirá os prejuízos nos processos de aposentadoria.
Já a temática da implementação do Piso Nacional em todo território brasileiro é uma discussão que aflige a muitos profissionais do magistério público do país pois cerca de 75% das cidades brasileiras estão com salários abaixo do Piso.
Embora Ilhéus seja a primeira cidade da Bahia a ter implementado o Piso sem achatamento salarial, a categoria dos Trabalhadores em Educação sempre vem participando das ações mobilizadas pelo CNTE e consequentemente pela sua entidade representativa, no caso de Ilhéus, a APPI-APLB Sindicato que a cada Paralisação Nacional da Educação pelo Piso está sempre fomentando temáticas sobre direitos trabalhistas e processo educacional ao mesmo tempo que apoiando a luta dos companheiros ainda não contemplados.