APLB

sexta-feira, 26 de março de 2010

APPI PARTICIPOU DE AUDIÊNCIA NO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO

Ontem, 25 de março de 2010, a presidenta da APPI, professora Enilda Mendonça, Osman Nogueira e Claúdio Magalhães ambos diretores do sindicato dos Trabalhadores em Educação, participaram de audiência no Ministério Público do Trabalho em Itabuna-BA para resolver a situação dos servidores de escola que reclamam disparidade entre carga horária.
Alguns servidores estão trabalhando em suas unidades escolares por 7h, outros por 6 e até por 8 a 9 horas diárias.
Desde o último concurso público, os servidores vêm questionando a carga horária já que, no edital constava 6h corridas o que equivale a 30h semanais.
Como está existindo em nossa rede de ensino essa disparidade de carga horária em unidades escolares diferentes, a APPI-APLB Sindicato está tentando resolver essa situação solicitando a mediação do Ministério Público Federal do Trabalho para chegar a uma definição.