APLB

quarta-feira, 17 de março de 2010

DIA 24 DE MARÇO: ELEIÇÃO PARA REPRESENTANTE DA OUVIDORIA CIDADÃ DA DEFENSORIA PÚBLICA DA BAHIA EM ILHÉUS

A comissão organizadora, do processo de eleição do Grupo Operativo da Ouvidoria Cidadã da Defensoria Pública da Bahia, convida aos cidadãos e cidadãs, representantes de organizações da sociedade civil e lideranças comunitárias, a participarem da plenária que elegerá 1 ( hum ) representante do município de Ilhéus que irá compor o respectivo grupo operativo.
O encontro será no dia 24 de março de 2010, no auditório da Câmara Municipal de Ilhéus, ás 8H.
Ressalvamos que, as habilitações dos representantes de entidades continuam sendo efetivadas através do site: www.defensoria.ba.gov.br. Para a efetivação da inscrição, basta clicar no link INSCRIÇÃO. Lembrando que a inscrição estará disponível até o dia 19 de março de 2010.

OBS: Os representantes de entidades devem apresentar-se no dia 24 de março munidos de documentos que comprovem a representação das mesmas: ata de eleição ou carta de entidade

Atenciosamente,

Comissão organizadora do processo de eleição

APPI REALIZOU ASSEMBLEIA PARA AS REDES ESTADUAL E MUNICIPAL DE ENSINO NO DIA 16/03-PARADA NACIONAL DA EDUCAÇÃO

A APPI-APLB Sindicato realizou ontem, 16/10/2010, no auditório do IME-Centro Assembleia Geral para as Redes Estadual e Municipal de Ensino tendo como pauta principal " Piso Nacional dos Professores Brasileiros ".
A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação em Ilhéus, professora Enilda Mendonça fez uma explanação sobre a atual situação da Implementação do Piso Nacional no território brasileiro contextualizando com a realidade do Estado da Bahia e do Município de Ilhéus.
Faz-se saber que os professores e professoras da Rede Estadual de Ensino da Bahia e da Rede Municipal de Ensino em Ilhéus têm seus salários dentro da Lei do Piso Nacional porém, a APLB e APPI ( Delegacia Regional da APLB ) continuam lutando por melhores salários e condições de trabalho para os profissionais da Educação.
Em Ilhéus, a APPI em acordo com o Governo Municipal, em janeiro de 2009, conseguiu que o Piso Nacional fosse implementado sem achatamento salarial. Já em 2010, a direção do Sindicato e Categoria tiveram que fazer várias mobilizações para que o Governo implementasse o reajuste do Piso pautado na LEI. Não foi uma tarefa fácil mas com a força desse Sindicato tão ativo e com o apoio e a união da categoria é que vencemos. No momento, estamos no aguardo da folha extra em que será paga a diferença salarial do percentual de 7,86%, índice de reajuste do Piso Nacional.
Na assembleia também foram discutidas questões relacionadas ao processo de certificação do Estado, pagamento de URV, excedência, extensão de carga horária e aulas extraordinárias. Já na Rede Municipal, além do reajuste do Piso, muitas dúvidas foram esclarecidas sobre as mudanças de padrão e referência, seleção simplificada de professores, celeridade nos processos de incentivo a qualificação profissional e campanha salarial 2010.
Esse momento foi muito importante para que profissionais do magistério das duas redes estadual e municipal percebessem os problemas coexistentes e que todos nós deveremos estar unidos em favor de uma educação de boa qualidade.