APLB

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

INSTAURADO O CAOS NA EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE ILHÉUS: CATEGORIA DOS TRABALHADORES CONTINUAM MOBILIZADOS

No mês de janeiro de 2010, o que era para ser férias dos profissionais do magistério da rede municipal de ensino de Ilhéus virou pesadelo. Digo pesadelo de forma simbólica pois, o que você pode ter sonhado para a programação de suas férias foi interrompido pela falta de respeito com que o governo municipal vem tratando a categoria dos trabalhadores em educação. O ano todo de 2009 foi de mobilização para que o executivo cumprisse com os acordos nas mesas de negociações.
O não cumprimento desses acordos instaurou o caos na educação do nosso município.






Paralisações, Greve, Passeatas com apitaço Assembleias foram instrumentos utilizados para chamar a atenção daqueles que governam Ilhéus. Estas mobilizações se tornaram uma prática e só assim é que conseguíamos avançar. A categoria sempre vem cumprindo com o acordo, repondo as aulas para não ter prejuízo no ano letivo. Mas será que o governo está preocupado com isso? Será que o ano de 2010 vai ser mais um quadro plagiado? A APPI, representante legal da Categoria vem pedindo audiências com o prefeito, com a procuradoria e demais secretários para minimizar esse quadro e até mesmo sanar com os problemas mas parece que não querem atender ou receber ao sindicato.
Diante dessa situação, a categoria permanecerá mobilizada e o ano letivo de 2010 só será iniciado mediante a resolução desses problemas.
Acordem Governantes!!!! Só se é Humano quando se é Educado, e outra coisa, ou paguem o Piso Salarial dos Professores de acordo com o que está na Lei ou paguem o preço!!!!!!!!
O PISO NACIONAL É LEI, SENHOR PREFEITO
E TODA LEI DEVE SER RESPEITADA E CUMPRIDA

ASSEMBLEIA GERAL DA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE ILHÉUS

Ainda nem começou o ano letivo dos alunos da rede municipal de Ilhéus e os ânimos entre governo e categoria dos trabalhadores em Educação fervem.
O governo desde o ano de 2009 vem colaborando com o declínio da Educação na cidade pois não cumpre com os acordos firmados com o Sindicato, no caso, a APPI que é representante legal da categoria.
Salários e vales transportes atrasados , lentidão e desorganização na apreciação dos processos de mudança de referência, qualificação profissional e mudança de padrão, reajuste do Piso Nacional dos profissionais do magistério público, são motivos de sobra para que os trabalhadores em educação se mobilizem através de paralisações de suas atividades.
Ora, os professores entraram de férias no dia primeiro de janeiro de 2010 e vinte e oito dias depois, já findando o tempo de descanso desses profissionais é que a Prefeitura resolve pagar o 1/3 de férias. Isso é um absurdo! Os contratados só receberam seus salários de dezembro no dia 27 de janeiro. De repente, o governo interpreta que servidores contratados ou efetivos não precisam de salários. O que se passa intra-portas do Palácio Paranaguá.
A verdade é que se instalou o caos na cidade de Ilhéus e principalmente nos setores da Educação.
Precisamos nos mobilizar e não deixar que nos façam de fantoches.
Nós, educadores estamos de mãos dadas para assegurar nossos direitos.
"Caminhemos, Caminhemos juntos, vamos de mãos dadas..." Drummond com certeza já previa isso quando escreveu o seu poema.
Somente de mãos dadas alcançaremos nossos objetivos como profissionais da educação preocupados pela construção de uma sociedade mais justa e igualitária.
Avante, Companheiros!!!!
Assembleia Geral da Categoria no dia 8 de fevereiro, às 9H, no auditório do IME-Centro.
A APPI convida também aos pais e mães dos alunos e alunas para participarem desse momento tão decisivo para o setor da educação em nossa cidade. A presença de todos é muito importante.

PREFEITURA MUNICIPAL DE ILHÉUS FAZ SELEÇÃO PARA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

A Secretaria Municipal de Educação de Ilhéus-Ba, lança edital de seleção para professores da Educação Infantil e Ensino Fundamental I e II.
As inscrições poderão ser feitas na Biblioteca Pública Municipal ( Praça Castro Alves ) de 2 a 5 de fevereiro de 2010, das 9 às 17H.
Conforme o edital de número 01/2010, a contratação será por tempo determinado – de março até junho deste ano, podendo ser renovado até dezembro, conforme necessidade do município, porém , estamos no aguardo da realização do Concurso Público que precisa ser realizado em regime de urgência no município, cumprindo assim a determinação judicial.