APLB

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

20 DE NOVEMBRO- DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA


A APPI- APLB Sindicato vem participando ativamente da discussão sobre o respeito à diversidade étnica e cultural. Esse trabalho contribui de forma muito positiva para o fazer da educação porque é através dela que se dá o processo de formação humano e o ato de aprender a respeitar o que é diferente.
Essa discussão não é puramente turística, de passagem, ela é contínua, é uma das chaves para a organização de uma sociedade mais justa e igualitária.
Parabéns a todas as pessoas que estão engajadas nesse processo.
A CNTE fala da importância de se discutir sobre essa temática. Leia a reportagem abaixo:
" Dia 20 de novembro - Dia da Consciência Negra - foi celebrado pela primeira vez em 1971 para mostrar quanto o país está marcado pelas diferenças e discriminações raciais. Celebrar esta data é manter viva na memória dos brasileiros as lutas do povo negro e a figura de Zumbi, símbolo de resistência, o herói que lutou pela liberdade. É também uma tentativa de remediar os erros do passado e celebrar a força da cultura afrodescendente.
Nesta Semana da Consciência Negra é importante refletir sobre o que se tem feito para a redução do preconceito no Brasil. A lei n° 10.639, que torna obrigatório o ensino de história e cultura afro-brasileiras nas escolas de todo o país é uma contribuição importante e foi criada para a discussão sobre a igualdade racial, o reconhecimento e valorização da história, cultura e identidade dos descendentes africanos."
Fonte: CNTE

REDE ESTADUAL DE EDUCAÇÃO: RESULTADO DA ASSEMBLEIA REALIZADA NO DIA 17/11/2009

Na assembleia desta terça-feira, 17 de novembro, realizada pela manhã no ginásio de esportes do Sindicato dos Bancários, a mesa dos trabalhos fez uma avaliação das reuniões feitas com representantes da SEC sobre enturmação, readaptação, mudança de grau e outros assuntos.
Também se falou sobre a proposta do governo com relação ao início do ano letivo de 2010 em 22 de fevereiro; Semana Pedagógica, tendo 4 aulas aos sábados, terminando o ano letivo dia 20 de dezembro.
A assembleia também comentou a avaliação de desempenho (questionou-se que a avaliação deve ser feita por área e não individual ou institucional).
Houve ainda debates e avaliações sobre:
  • Ensino médio obrigatório;
  • Enem obrigatório para todos os estudantes de escola pública;
  • 14º salário para aqueles que apresentarem aumento no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb);
  • Diminuição do número de alunos por sala (em 2010 diminuir para 35; e em 2011 diminuir para 30);
  • Mudança de grau de 2 em 2 anos.

A luta continua!!!

ATENÇÃO TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO

ASSEMBLEIA GERAL DA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
DATA: 18/11/2009
LOCAL: AUDITÓRIO DO IME-CENTRO
HORA: 15H