APLB

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

APPI realiza mapeamento para identificar causas de adoecimento no local de trabalho

A APPI/APLB-Sindicato, Delegacia Sindical Costa do Cacau, realizou na manhã da última sexta-feira um mapeamento do perfil participativo com os trabalhadores em educação da Escola Municipal Heitor Dias, com a finalidade de identificar a interferência das condições de trabalho na saúde dos servidores. A atividade contou com a participação de professores, coordenadores, diretores e demais servidores da unidade escolar e vem sendo realizada pela APPI em diversos colégios de Ilhéus.

Através de dinâmicas, depoimentos e experiências compartilhadas entre os trabalhadores em educação foi possível observar as condições de trabalho, as doenças adquiridas ou agravadas com o serviço que cada um vem executando, além de uma reflexão sobre o que precisa ser melhorado para evitar ou amenizar as causas do adoecimento.

Os trabalhadores em educação também participaram de dinâmicas sobre como observam os seus locais de trabalho, identificando problemas e o que precisa ser mudado ou transformado. Outro ponto importante do mapeamento foi a reflexão sobre a visão de mundo dos servidores, apontando de que forma o trabalho tem afetado na sua vida social, religiosa e familiar.

A presidente da APPI/APLB-Sindicato, Enilda Mendonça, falou da importância da realização desse mapeamento para identificar as condições de trabalho e de que forma isso vem afetando não somente o rendimento profissional e a saúde dos servidores, como também a vida social de cada um. Ela também destacou a necessidade dessas dinâmicas em grupo onde cada um pode compartilhar com seus colegas de trabalho suas experiências e problemas