APLB

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Escolas confirmam participação na campanha contra violência nas escolas

As escolas das redes municipal, estadual e particular de Ilhéus estarão participando da campanha pela paz e contra a violência promovida pela APPI/APLB-Sindicato e a Polícia Militar, em parceria a Secretaria Municipal de Educação, Loja Maçônica Regeneração Sul Bahiana, Conselho Tutelar e Grupamento de Bombeiros Militar. Com o tema “”Ilhéus sem violência é bem melhor”, a campanha, que contempla um conjunto de ações integradas, tem objetivo é alertar contra a violência nas escolas, combater ouso de drogas e conclamar a toda a sociedade para a necessidade de se engajar nessa luta.

Na manhã desta terça-feira os dirigentes das escolas públicas e particulares participaram de uma reunião na Loja Maçônica Regeneração Sul Bahiana para conhecer os detalhes da campanha, debater sobre a questão da violência e pegar o regulamento e a programação das atividades. Como parte das ações foi confirmado que será realizado um concurso de desenho com os alunos da educação infantil e ensino fundamental I e um concurso de redação com os alunos do ensino fundamental II e ensino médio, todos com temas ligados à paz e a segurança e contra o uso de drogas.

Além disso, ficou acertado também a realização de palestras nas escolas das redes pública e particular, seminário sobre segurança e combate às drogas, passeio ciclístico e uma grande caminhada pela paz pelas ruas de Ilhéus. A grande novidade é que esse ano a campanha não contará apenas com as escolas inseridas na área de atuação da 68ª Companhia Independente da Polícia Militar, mas também das Companhias 69ª  e 70ª e terá ainda o apoio do Grupamento de Bombeiros Militar.

O presidente da APPI, Osman Nogueira Junior, explicou que a campanha pela paz realizada no ano passado somou resultados altamente positivos pelo conjunto de ações realizadas nas escolas e acabou inserindo no calendário escolar a Semana de Segurança, que esse ano acontecera no período de 20 a 26 de setembro, com uma série de eventos. A expectativa é que esse ano a campanha tenha um alcance ainda mais amplo, já que contará com um numero maior de escolas participantes e possivelmente com mais parcerias.









APPI e UNCME realizam o I Encontro de Formação de Conselheiros de Educação

A APPI/APLB-Sindicato, Delegacia Regional Costa do Cacau, em parceria com a União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME), entidade representativa dos conselhos municipais de educação em nível nacional, realizou nesta segunda-feira (10), no auditório da Justiça Federal, em Ilhéus, o I Encontro Articulado de Formação de Conselheiros de Educação. O objetivo do encontro foi promover a articulação institucional para discussão da agenda comum de formação de conselheiros de educação e fortalecimento dos sistemas municipais de educação.

O evento contou com a participação de membros dos núcleos dos mais diversos municípios que fazem parte da Regional Cacaueira da APLB. Durante todo o dia foram realizadas palestras, mesas redondas e debates sobre a gestão democrática da educação e o papel dos conselhos municipais, com foco para os desafios da garantia do direito à educação.

Também foram realizados trabalhos em grupos onde foi feita uma análise de cenários da educação no contexto regional, onde os participantes tiveram a oportunidade de apresentar suas realidades e propor ações visando o fortalecimento e a participação maior dos educadores nos conselhos municipais de educação. Também foram realizadas palestras sobre o direito à educação e as políticas educacionais no contexto atual, o papel dos conselhos municipais e a gestão democrática da educação, tendo como palestrantes os professores Gilvânia Nascimento, Enilda Mendonça e Cosme Gusmão.

O presidente da APPI/APLB-Sindicato, Delegacia Sindical Costa do Cacau, Osman Nogueira Junior, informou que esse foi apenas o primeiro encontro de formação de conselheiros de educação, mas que outros eventos serão realizados não somente para se discutir o papel dos membros dos núcleos nos conselhos, como também se buscar cada vez mais o fortalecimento dos sistemas municipais de educação.