APLB

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

CONTRATADOS DA EDUCAÇÃO RECEBEM DÉCIMO TERCEIRO

O município pagou hoje o décimo terceiro dos contratados. Depois de muita luta conseguimos reverter a posição do Executivo de não pagar o décimo terceiro dos contratados, baseado em um parecer assinado pelo Procurador Geral do Município.
A APPI/APLB agradece a professora e vereadora Carmelita que mais uma vez foi uma peça fundamental para reverter a decisão do Executivo, em favor de nossa categoria. Também agradecer a Alisson Mendonça que abraçou a causa juntamente com Carmelita para o convencimento do prefeito em garantir o direito do décimo terceiro a todos os trabalhadores.
A luta agora é cobrar o pagamento do salário de dezembro e terço de férias dos professores.

Portabilidade bancária: você é quem escolhe o banco de sua conta

 Conta-salário: servidores municipais e estaduais já podem trocar de banco
 Os trabalhadores estaduais e municipais foram os últimos a serem beneficiados com a medida

O servidor público que recebe pagamento em conta-salário já pode pedir a transferência automática do dinheiro para o banco que escolher. Os trabalhadores estaduais e municipais foram os últimos a serem beneficiados com a medida, uma vez que os servidores federais já tinham o direito de escolher o banco para receber. Os trabalhadores da iniciativa privada também já podiam fazer isso desde2009. Anova regra foi estipulada pelo Ministério do Planejamento e passou a vigorar ontem.
Com o prazo maior para a entrada em vigor do benefício aos funcionários, os estados e municípios puderam realizar  por mais tempo junto aos bancos  um verdadeiro leilão de suas  folhas de pagamento. Na Bahia, são mais de 300 mil servidores beneficiados com a medida. Cerca de 270 mil são  estaduais e recebem pelo Banco do Brasil (BB). Já na prefeitura de Salvador são 27 mil, que recebem pelo Bradesco.
Em nota ao CORREIO, o superintendente do Banco do Brasil no estado, Edson Pascoal Cardozo, disse que “a livre opção bancária é uma grande oportunidade para o Banco do Brasil na Bahia”. Segundo ele, a instituição realizou expressivos investimentos em sua estrutura de atendimento e no aprimoramento do portfólio de produtos e serviços, “priorizando a comodidade, a modernidade e a acessibilidade”.
Cardoso ainda lembrou do início, ontem, da operação do Banco Postal, uma parceria dos Correios com o BB, que usa as agências como postos bancários.
“Temos 38% da rede de atendimento bancário do estado. A partir de hoje, como operador oficial do Banco Postal, estamos presentes em 100% dos municípios baianos. Temos capilaridade, pessoas, produtos e tecnologia em condições diferenciadas.”
Regras
De acordo com as regras estabelecidas pelo governo federal, para transferir o salário para outra conta diferente da aberta pelo empregador é preciso que a indicação seja feita por escrito à instituição financeira. O banco é obrigado a aceitar a ordem no prazo de até cinco dias úteis e os recursos devem ser  transferidos para o banco escolhido pelo empregado no mesmo dia que sai o salário, até as12h.
A conta-salário é diferente da conta-corrente por ser destinada ao pagamento de salários, aposentadorias e pensões e por se tratar de um contrato firmado entre a instituição financeira e a empresa empregadora e não entre o banco e o empregado. Na conta-salário, o cliente não tem direito a talão de cheques e não pode receber outros depósitos além dos seus vencimentos.
Repercussão
Para o presidente da Associação dos Funcionários Públicos do Estado da Bahia, Armando Oliveira, a notícia é bem vinda e despreocupa um pouco os servidores estaduais baianos. “Os trabalhadores fazem o seu papel, mas o governo escolhe o banco de acordo com o interesse político dele. E isso nos preocupa”, afirma. Já Gustavo Mercês, secretário-geral da Associação dos Servidores da Secretaria de Serviços Públicos (Sesp) da prefeitura de Salvador, lembra que o servidor deve pedir o fechamento da conta na hora da transferência.
Reportagem no Correio – Atualizado em 03.01.2012 – 08:47 - (http://www.correio24horas.com.br/noticias/detalhes/detalhes-3/artigo/conta-salario-servidores-municipais-e-estaduais-ja-podem-trocar-de-banco/). No final do texto mais links sobre o assunto.