APLB

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Prefeitura gastou R$ 19 milhões sem licitação

Prefeitura gastou R$ 19 milhões sem licitação
e tanto Newton Lima quanto Valderico Reis tiveram as contas de 2007 rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios.
De acordo com parecer prévio 00875-08 publicado na quarta-feira, 17, pelo TCM, o prefeito Newton Lima gastou exatos R$ 2.424.900,58 sem comprovaç:ão de procedimento licitatório. A irregularidade ocorreu entre 31 de agosto e 31 de dezembro de 2007.
No período de cinco meses, segundo relatório do TCM, o prefeito gastou sem licitação R$ 698.905,80 com aquisição de alimentos, R$ 421.415,26 com serviços de engenharia, R$ 256.366,77 com locação de veículos e R$ 220.577,18 com produtos hospitalares.
Mas a farra de gastos com dinheiro público sem licitação continua. O prefeito Newton Lima utilizou R$ 336.977,18 com serviços de consultoria, R$ 33.600 com informática, R$ 123.727,96 com material gráfico e outros quase R$ 600 mil com outros tipos de serviço.
Além disso, fragmentou despesas no valor de R$ 56.512,75 para fugir da licitação. O dinheiro foi gasto com compra de aparelhos de ar-condicionado e medicamentos, locação de veículos e aquisição de material de construção.
Newton, que substitui Valderico Reis exatamente pelas irregularidades com dinheiro público, aplicou em educação recursos abaixo do estipulado por lei e atrasou recursos para entidades filantrópicas. Leia matéria completa em A Região.

Nenhum comentário: