APLB

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

APPI defende a valorização da vida através da paz no trânsito

A APPI/APLB realizou a primeira reunião do projeto “Ilhéus sem violência é bem melhor”, ontem (17/08), na sede do sindicato. Este ano, o tema tratado é “Paz no trânsito: educando para uma cidade mais segura”. O projeto tem a participação das unidades operacionais das 68ª, 69ª e 70ª Companhias Independentes de Polícia Militar (CIPM), 2ª Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação (BEIC), 5º Grupamento de Bombeiros Militares (GBM), Esquadrão de Polícia Montada, Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Cacaueira), 2º Companhia Independente de Polícia Rodoviária (CIPRV), Marinha, Polícia Civil, Defensoria Pública Estadual, Guarda Civil Municipal, Colégio da Polícia Militar e Secretaria de Educação de Ilhéus (SEDUC).

O objetivo é abranger todas as unidades de Educação Básica públicas e privadas de Ilhéus, nas zonas urbana e rural, em parceria com os órgãos de segurança e sociedade civil organizada, para promover ações efetivas de educação para o trânsito, reduzir a violência e conscientizar para a valorização da vida. 

Como ação concreta do projeto é esperado um diálogo interativo com o Governo Municipal para aprovação de projetos de lei que auxiliem na diminuição da violência no trânsito, como a regulamentação dos serviços de motoboys e mototaxistas e um projeto de lei que permita às empresas e empresários a adoção de faixas e travessias elevadas para pedestres (em relação ao nível da superfície de rolamento da pista), transformando-as em verdadeiros redutores de velocidade.

Nenhum comentário: