APLB

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

REDE ESTADUAL: APLB e a posição do sindicato sobre a reposição de aulas

Durante toda a greve , a APLB-Sindicato ficou ao lado dos funcionários terceirizados, sendo solidária ao justo movimento por pagamento de salários da categoria. A APLB-Sindicato até participou das manifestações e atos públicos, mesmo os trabalhadores terceirizados tendo outro sindicato (o Sindilimp) a liderá-los. Dito isso, a APLB-Sindicato lembra que durante todo aquele período os professores estiveram nos colégios que não funcionaram em razão da ausência dos funcionários terceirizados. Por isso, a APLB-Sindicato entende que os professores não estão obrigados a repor as aulas que a Secretaria Estadual de Educação (SEC) exige. O governo deverá encontrar a solução para tal problema, não os professores, que permaneceram nos colégios. Esta é a posição da APLB-Sindicato face a esta questão.

Nenhum comentário: