APLB

segunda-feira, 12 de abril de 2010

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA PROÍBE USO DE PULSEIRA COLORIDA DO SEXO


Em algumas escolas do Brasil, estudantes usam pulseirinhas coloridas como forma de apelo sexual.

Na Bahia, A Secretaria Estadual de Educação, proibiu o uso dessa pulseirinhas nas escolas mas cabe a cada UE ( Unidade Escolar ) deixar claro em seu regimento interno a regra do não uso do objeto.

A regra do uso das pulseirinhas indica que a cada cor usada pede-se um retorno e, no caso da relação sexual, a cor preta indica que a garota está aberta para relacionar-se. Alguns casos de estupros foram divulgados em blogs e sites de relacionamentos no Brasil.

Portanto, vamos disseminar esse problema e evitar que nossos estudantes e nossas estudantes sejam alvos de violência sexual.